O que não te contaram sobre criar uma Criptomoeda!

Criar uma criptomoeda pode parecer um processo simples, na verdade, a criação de fato é simples, no entanto criar uma criptomoeda não é simplesmente criar e deixá-la a deriva e esperar que vai “bombar” e as exchanges (corretoras de criptomoedas) irão adicionar para negociação.

Não é tão simples

O que ocorre de fato é bem mais complexo, é necessário perseverança, foco, planejamento, conhecimentos básicos (neste caso precisará de uma equipe para desenvolver) e o mais importante, comunicação.

Projeto

Se está pensando em criar uma criptomoeda (cryptocurrency) simplesmente por criar, não perca seu tempo se não houver ao menos um objetivo para isto. Se for criar uma cripto sem finalidade, faça para obter conhecimento.

Muitos projetos de criptomoedas começam mortos antes mesmo da criação da moeda propriamente dita, então planejamento é essencial para definir cada etapa do projeto e como deverá prosseguir para que possa antecipar imprevistos e possíveis cenários que possam ocorrer.

É durante o planejamento que ocorre a análise de viabilidade, portanto, este processo é um dos mais importantes e todo o tempo destinado não será perdido!

Desenvolvimento

Aqui é a parte principal após o planejamento, sem desenvolvimento o seu projeto não vai sair do lugar! Um erro comum cometido por muitos, que acabam criando uma criptomoeda apenas por criar.

Se você tem um projeto bem planejado e pretende realizá-lo é recomendado planejar como ocorrerá o desenvolvimento e o que será necessário para isto, seja com os programadores necessários, recursos físicos e virtuais etc…

Exchanges

Após o lançamento de sua criptomoeda este processo é o mais esperado, o que muita gente não sabe é que este processo não é nada barato!
A maioria das corretoras cobram uma alta taxa para incluir novas moedas, esta situação piora quando falamos de grandes corretoras como hitBTC, Cryptopia dentre outras, mas nestes dois casos, o custo passa facilmente dos 100 mil reais!